top of page

sáb., 01 de jun.

|

Brasília

Uma breve história da arte brasileira

Deriva - Uma breve história da arte brasileira apresenta um recorte sobre a produção artística nacional da antiguidade ao mundo contemporâneo

Uma breve história da arte brasileira
Uma breve história da arte brasileira

Horário e local

Última data disponível

01 de jun. de 2024, 15:00 – 29 de jun. de 2024, 17:00

Brasília, Altiplano Leste, Rua 7, CH 21 - Altiplano Leste - Paranoá, Brasília - DF, 71681-991, Brasil

Sobre o evento

Deriva - Uma breve história da arte brasileira

Local: Sede do Vilarejo 21, Altiplano Leste

Data: Junho

Resumo

“Uma breve história da arte brasileira” apresenta um recorte sobre a produção artística nacional da antiguidade ao mundo contemporâneo. Os encontros propõem leituras de imagens e fundamentam contextos e conceitos para um mergulho histórico.

O minicurso teórico, sobre história da arte brasileira, é organizado em cinco módulos:

  1. período arcaico
  2. período colonial
  3. período barroco
  4. período modernista
  5. período contemporâneo

O programa conta com o apoio de imagens e textos que apresentam referências diretas com os períodos abordados. 10 horas de duração, distribuídas em 5 encontros de 2 horas cada.

Os encontros acontecerão no Vilarejo 21.

Viabilização

R$ 500

Datas e horários

Sábados de 15h a 17h

Datas: 01, 08, 15, 22 e 29/06

Mediador: Carlos Lin

Carlos Lin (Carlos Ferreira da Silva) nasceu em 1963 e cresceu no interior rural de Barretos (SP). Chegou em Brasília em 1982 para estudar na UnB, onde se graduou em História em 1987 e concluiu seu mestrado sobre arte contemporânea em 2002. Foi professor no Departamento de Artes Visuais da UnB e da FADM, membro do Conselho de Cultura do Distrito Federal, coordenador pedagógico do Atelier Helena Lopes e do Programa Educativo do CCBB, e atuou como diretor da Galeria A Capitu e da Galeria Casa. É artista visual, curador independente, teórico e crítico de arte. Participa ativamente do circuito das artes visuais na capital, de suas curadorias destacam-se “suspensões” do Coletivo Dulcina no Elefante Centro Cultural”, “A seco” de João Angelini na Galeria Referência, “Matéria expandida” de Lis Marina Oliveira na Galeria Casa Aerada, “Forms” de Raylton Parga na Casa Albuquerque Galeria de Arte e “Tocar-Derivas: a imagem é uma viagem” de Bruno Stuckert na Casa Manchete. De suas exposições individuais destacam-se “O livro dos dias” na Galeria Picolla 1 da Caixa Cultural, “A pele do mundo” no Espaço Cultural Marcantonio Vilaça, “TRAMATEMPO” na Galeria DeCurators e “noar” na Alfinete Galeria, também atua como assistente de curadoria para exposições, como “100 anos de Athos Bulcão” e “O jardim de Amílcar: neoconcreto sob o céu de Brasília”. Na página do Instagram @carloslin.flores, pública fotografias e minicontos. Atua na interface entre arte, história, filosofia e psicanálise, com textos em mídias variadas. Atualmente, coordena o “Bloco” (grupo de estudos em arte contemporânea), é membro da Feira do Fuga e curador assistente do IPAC, além de fazer acompanhamento crítico com alguns artistas de Brasília.

*** Devido ao número limitado de vagas não faremos reserva ou devolução do valor para participantes inscritos

Inscrições

  • Inscrição

    R$ 500,00

Total

R$ 0,00

Compartilhe esse evento

bottom of page