top of page

seg., 29 de jul.

|

Brasília

Estratégias no Desenho

O curso Estratégias no Desenho vai ensinar vocês a transformar um pente de cabelo numa poderosa ferramenta na criação de imagens com extrema carga expressiva e vigor gráfico. Acreditem, nada mais será como antes!!!

Estratégias no Desenho
Estratégias no Desenho

Horário e local

29 de jul. de 2024, 14:00 – 01 de ago. de 2024, 18:00

Brasília, Altiplano Leste, Rua 7 - CH 21 Cs 6 - Paranoá, Brasília - DF, 71681-991, Brasil

Sobre o evento

Estratégias no Desenho com Luciano Feijão

Data: 29/07 a 01/08

Horário: 14h às 18h

Local: Vilarejo 21, Altiplano Leste, Rua 7, Ch 21, Cs 6

2 Vagas Sociais, seleção mediante envio de carta de intenção e imagens de no mínimo 5 desenhos, para o email lucianofeijah@gmail.com

Sobre o curso:

O curso Estratégias no Desenho pretende instrumentalizar alunas e alunos na prática em desenho, acreditando que, pensar e produzir imagens requer, primordialmente, a construção de novos repertórios que possam ajudar cada participante a sair de um certo aprisionamento que as próprias formalidades do meio intensificam.  Estratégias no Desenho cria novos métodos de abordagem através de objetos ordinários e ferramentas alternativas que, a princípio, não foram pensadas dentro dessa perspectiva criativa. Neste caso, usaremos o pente de cabelo.  Utilizando o pente de cabelo e a tinta nanquim, alunas e alunos passarão a entender que o processo de construção de um desenho reivindica, para além do domínio das ferramentas, uma percepção mais tangível de que manchas, imperfeições, imprecisões e acasos são desvios fundamentais para que o resultado ganhe potência expressiva, maior carga discursiva e conteúdo gráfico singular. Vamos abraçar o “erro”   Estratégias no Desenho é um excelente exercício de liberdade e desapego.

Meu Instagram: www.instagram.com/luciano_feijah

Estratégias no Desenho acontece desde 2008, quando ensinei pela primeira vez as técnicas de desenho com materiais alternativos (pente de cabelo + gaze + gilete + escova de dente + esponja + borracha) na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), onde trabalhei como professor substituto em quatro contratos.

Ao mesmo tempo, dei início também a uma outra trajetória com o curso, primeiramente sendo oferecido dentro do meu ateliê, depois em oficinas de curta duração na Rede Pública de Ensino, além de convites para levar o Estratégias para São Paulo e Rio de Janeiro.

Foram muitos alunos e alunas que se beneficiaram por essa experiência visual incrível. O desenho é praticado e transformado dentro de um lugar nunca antes explorado, ou seja, sua qualidade, sua potência gráfica e seu amadurecimento vão surgindo pela sucessão de acontecimentos fortuitos e surpresas indesejáveis...é neste ambiente conflitante que você vai tirar o melhor de si.

Sejam bem vindos! Sejam bem vindas!

Obrigado,

Luciano Feijão

"A verdade é que, com o fracasso podemos entender o nosso desenvolvimento. As pessoas começam a melhorar quando fracassam, avançam a partir do fracasso, descobrem algo inesperado baseado no resultado do fracasso, fracassam novamente, descobrem outra coisa, fracassam novamente, descobrem outra coisa. (...) Acredito que Picasso é o exemplo mais útil que você pode ter, porque sempre que ele aprendia a fazer algo, o abandonava, e, dentro de suas perspectivas e de seu desenvolvimento como artista, os resultados foram extraordinários." Milton Glaser

Saiba mais sobre o curso clicando aqui

--

Programa

  • Aula 1: Uma introdução sobre os benefícios de desenhar com materiais alternativos, apresentando novas abordagens conceituais e metodológicas, com exibição de trabalhos de vários artistas que revelam os usos dessas ferramentas. Algumas questões serão respondidas: Como preparar o pente de cabelo da maneira mais adequada para desenhar? Quais os efeitos gráficos que o uso do pente de cabelo pode oferecer? Como controlar o pente de cabelo e o peso da mão para conseguir áreas mais fechadas (sombra), áreas mais abertas (luz) e escala tonal? Como usar o pente de cabelo e o nanquim para dar relevância gráfica a partir dos gestos da mão? Como aproveitar erros e acasos em benefício do desenho, subvertendo a ideia de certo/errado, bonito/feio? Duração: 4h
  • Aula 2: O uso do pente de cabelo para enfatizar volume, peso e densidade no desenho de sólidos. Transformar, através do desenho com pente, figuras geométricas bidimensionais em tridimensionais, a partir da luz, das sombras e das hachuras. Como simular volumetria em figuras geométricas simples, com superfícies mais uniformes? Como fazer linhas de contorno com o pente? Duração: 4h
  • Aula 3: Trabalhando o pente de cabelo em superfícies mais complexas, com formas mais irregulares. Aprendendo a controlar a ansiedade por meio de gestos mais lentos, intensificando a concentração nos volumes e na qualidade gráfica. Desenhando com pente de cabelo para fazer bom uso das manchas e dos desvios. Criar novos efeitos, fundos iluminados e opacos, com água, nanquim, pincel e papel toalha. Duração: 4h
  • Aula 4: A partir de uma última imagem de referência, agora bem mais complexa, os desenhos finalizados com pente de cabelo e nanquim irão destacar os resultados desenvolvidos nas três aulas anteriores. Duração: 4h

--

Materiais necessários para realizar o curso:

  • Bloco de papel Canson, formato A3, de preferência com gramatura de 200g/m² (folha branca ou creme, lisa ou com pouca textura) 
  • Papel Sulfite (Chamex)
  • Fita crepe ou fita azul (não serve Durex)
  • Estilete
  • Lápis, de preferência os da linha B (2B, 4B, 6B, etc)
  • Tesoura
  • Borracha macia
  • Tinta nanquim preta (vamos usar muito)
  • Copos descartáveis (não serve copinho de café)
  • Pincel chato cerda larga, de preferência números 20, 22 ou 24 (qualquer marca)
  • Pentes de PLÁSTICO (pode ser o de catar piolho ou outro de sua preferência) Quanto mais variedade, melhor!
  • Folha de Lixa Massa P220 ou alguma outra de sua preferência (não serve lixa d'água ou lixa de unha)
  • Rolo de papel toalha (não serve papel higiênico ou guardanapo)

--

Sobre o Mediador: 

Luciano Feijão possui graduação em Artes Plásticas (2004) e mestrado em Artes (2014) pela Universidade Federal do Espírito Santo. Foi professor de Desenho entre os anos de 2008/2009, 2014/2016, 2018/2019 e 2022/2023 no Departamento de Artes Visuais, UFES.

Com produção voltada ao Desenho e Ilustração, participa de exposições individuais e coletivas, dentre as quais se destacam: Dos Brasis – arte e pensamento negro (atualmente em exibição nas unidades do Sesc), Nordeste Expandido – estratégias de (re) existir (atualmente em exibição pela região nordeste), Antianatomia Tropical (2018, com a artista Rosana Paulino) na OÁ Galeria (Vitória – ES), além da Bienal de Ilustração de Bratislava – BIB (2021).

É ilustrador editorial, trabalhando profissionalmente em livros, jornais e revistas desde 2003. Dentre os realizados, foram importantes: Diário do Hospício, de Lima Barreto (Borda Editorial), A Morte de Ivan Ilitch, de Liev Tolstói (Editora Antofágica), As almas do povo negro, de W. E. B. Du Bois (Editora Veneta), O orangotango marxista, de Marcelo Rubens Paiva (Editora Alfaguara), Revista Piauí, Le Monde Diplomatique e Folha de São Paulo.

Em 2023 foi um dos residentes no Pivô Arte e Pesquisa (São Paulo), tendo a oportunidade de redimensionar sua pesquisa atual, Antianatomia Negra.

Organização: 

Daniel Lopes

Grupo de estudos com modelo vivo da Universidade de Brasília

Apoio:

Vilarejo 21

*** Devido ao número limitado de vagas não faremos reserva ou devolução do valor para participantes inscritos

Inscrições

  • Lote 1

    R$ 510,00
    Taxa de serviço de R$ 12,75
    Vendas encerradas
  • Lote 2

    R$ 540,00
    Taxa de serviço de R$ 13,50
    Vendas encerradas
  • Lote 3

    Término das vendas: 21 de jul., 23:50
    R$ 570,00
    Taxa de serviço de R$ 14,25
  • Lote 4

    R$ 600,00
    Taxa de serviço de R$ 15,00
    Início das vendas: 22 de jul., 11:55

Total

R$ 0,00

Compartilhe esse evento

bottom of page